Nutrição Saúde do Beagle

Como alimentar bem um beagle

Alimentar um beagle é um tópico difícil porque existem muitos fatores a serem considerados.
Por outro lado, lidar com isto é muito interessante pois a alimentação do seu cão (alimentos saudáveis) é a coisa mais importante para se cuidar com relação a saúde do animal que você tanto ama. No entanto, a enorme quantidade de informação que há por aí pode ser confuso.

 

Como alimentar bem um beagle

Que o alimento é mais apropriado para o seu crescimento? Seco? Úmido? Caseiro?
Estas são apenas algumas das perguntas que nos rodeiam quando se pensa sobre como alimentar seu animal.
Não se preocupe, isso é normal: você simplesmente se preocupa com sua saúde e quer o melhor para ele!
Aqui estão algumas dicas que podem nos ajudar a escolher o alimento certo.

O primeiro passo é falar com o veterinário:

Sugestões profissionais são significativas neste quesito pois o alimento é o passo primordial para cuidar de seu amigo. É por isso que é importante escolher o veterinário certo. Apenas aqueles com habilidades médicas e que conhecem em detalhes a situação individual do cão (que é única para cada cão!) poderá ajudar você a escolher a alimentação correta. Não tenha medo de fazer muitas perguntas ao seu veterinário.

Levar em conta a idade do cão:

Antes de mais nada, temos que acompanhar as suas necessidades as quais variam de acordo com a idade. Um filhote precisa de mais calorias e um equilíbrio adequado de nutrientes capazes de ajudar em seu crescimento, enquanto um beagle adulto precisa de uma dieta que sustente sua manutenção adequada.
Dar alimento para filhotes (a partir de 1 ano de idade, geralmente) à um adulto, a longo prazo pode levar a desequilíbrios danosos!

 

Escolha qual tipo de comida:

Alimentos para cães são divididos em duas categorias: úmidos (enlatados) e secos (como peletes). O alimento úmido é mais palatável para cães pois contém carne não desidratada e, por ter uma proporção de água de cerca de 70%, é menos de calórica. Este tipo de alimento é o preferido dos proprietários de cães pequenos, pois estes acham conveniente pelo seu tipo de consumo. Em cães de tamanho médio, como o beagle, é preciso manter uma boa higiene oral pois o alimento úmido pode promover problemas dentários. O alimento seco é, de longe, o mais comum. Por ser desidratado em igual volume, possui um maior aporte calórico e é mais fácil de transportar a granel. Para cães ativos de médios a grandes, os famosos peletes podem ser uma escolha segura, confortável e confiável. Existem muitas variedades de alimentos secos para atender todos os gostos e necessidades nutricionais. Exatamente por este motivo, cada proprietário de beagle que quiser economizar tempo e evitar dores de cabeça deve optar por alimentos secos. Além disso, este tipo de alimento tem um efeito positivo sobre os dentes do cão graças à sua ação abrasiva.

 

Leia o rótulo!

Uma boa leitura do nome, nos possibilita de ser capazes de fazer a escolha certa: o seu cão pode ser um filhote ou um adulto. Você saberá então a quantidade certa para lhe fornecer e poderá evitar comprar alimento de baixa qualidade.
Não hesite em experimentar diferentes marcas e sabores. Para evitar causar diarreia ou outro problema alimentar, alterne o alimento que você dá a ele.
Sem fazermos publicidade de nenhuma marca em particular a partir dos ingredientes, você pode ter uma ideia da qualidade do que temos na nossa frente.
O rótulo indica os componentes começando com aqueles em maiores quantidades, assim o elemento proteico (carne ou peixe) deve estar no topo.
Os produtos de má qualidade irão mostrar nomes bem vagos como “carne”, “ossos” ou “derivados”, o que significa que pode conter carne proveniente de qualquer parte de qualquer animal, sem especificar.
A comida de qualidade mediana irá indicar, por exemplo, o tipo mais utilizado de carne, como frango, cordeiro ou bovina e os subprodutos serão mostrados com maiores detalhes. Por “subprodutos”, me refiro a qualquer parte de um animal que pode ser usada.
As melhores marcas terão um determinado tipo de carne como ingrediente essencial, deixando no final ou não utilizando de maneira alguma, subprodutos.
Ingredientes como milho e soja são importantes e devem estar presentes em abundância, enquanto cascas de vegetais estão normalmente presentes em alimentos de qualidade inferior.
Saber as proporções de proteínas, gorduras, fibras e água ideais para nossos cães, é importante! (Pergunte ao seu veterinário!) Você pode comparar as tabelas nutricionais de diferentes marcas e escolher aquela que atende às necessidades do seu amigo.

Alimentando um beagle” com comida caseira?

Você também pode fazer isto, mas deve estar disposto a dedicar bastante tempo e paciência para a preparação.
Claro, vamos encarar: um cão pode viver muito bem com os alimentos que prepararmos; na verdade, em alguns casos, é mais saudável. É desconfortável. Para conseguir uma dieta bem equilibrada com a quantidade correta de nutrientes é complicado! É por isso que há a indústria de alimentos: principalmente para a conveniência dos proprietários. Além disso, eu recomendo muito que você escolha os de alta qualidade.
Embora seus vizinhos possam dizer que criaram um cão muito saudável com macarrão e molho de tomate, lembre-se que o beagle estará conosco por toda a vida: os efeitos da nutrição desequilibrada podem afetá-lo no futuro.
Não transforme o seu beagle em um cão obeso e manco!

About the author

Marco Carone

Add Comment

Click here to post a comment

/* ]]> */